Pelo terceiro ano, Universidade Brasil traz projeto “Esporte com Educação”

Postado em 08/08/2019



Em parceria com Atlético-MG, Corinthians e Flamengo, já foram entregues mais de 350 bolsas de ensino para pessoas de baixa renda
 

O projeto “Esporte com Educação”, criado pela Universidade Brasil em parceria com Atlético-MG, Corinthians e Flamengo, entra novamente em ação neste início de Campeonato Brasileiro. É o terceiro ano consecutivo que acontece: em 2017, foi realizado apenas com o Corinthians, e, em 2018, passou a contar com Atlético-MG e Flamengo. Nos dois anos de sua idealização, foram entregues mais de 350 bolsas de estudo para ensino presencial e a distância.
 

Pelo projeto, cada vitória, cada gol marcado, cada partida sem sofrer gols e cada rodada na liderança ao longo do Campeonato Brasileiro rendem uma bolsa de estudo. Em 2018, por exemplo, o Flamengo doou 106 bolsas com o desempenho da equipe na competição nacional. Foi seguido pelo Atlético-MG, com 81 bolsas, e pelo Corinthians, com 57. O time paulista realizou a entrega de 102 bolsas pela performance na disputa de 2017, ano em que se sagrou campeão.
 

O projeto foi idealizado pelo próprio reitor da Universidade Brasil, Fernando Costa, e o modelo de negócios levado aos clubes foi prontamente aceito. “É uma parceria com via de mão dupla, mas o mais importante é a ajuda ao próximo, às pessoas que sempre sonharam em ter um diploma, mas nunca conseguiram. Nós, com apoio dessas agremiações, conseguimos transformá-lo em realidade”, conta.
 

As bolsas de estudo são entregues obrigatoriamente para pessoas de baixa renda, que recebem até dois salários mínimos mensais. Os beneficiados variam de clube para clube, mas todos os clubes têm parcerias com ONGs e instituições de caridade, além de permitirem, a pedido da própria Universidade, que colaboradores, funcionários e até atletas das categorias de base também participem do projeto.
 

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, enalteceu a maneira como a parceria é encarada: “Fui professor e sei o quanto é importante oferecermos um ensino a distância de qualidade”, comentou. Não bastasse o fato de terem a chance de voltar a estudar recebendo bolsas de 100% para os mais de 65 cursos disponibilizados pela Universidade, as pessoas beneficiadas também têm a oportunidade de conhecer de perto seus ídolos. No Corinthians, aconteceram três entregas de bolsas durante o ano passado, e todos os alunos receberam os certificados das mãos dos jogadores, além de poderem acompanhar o treinamento no CT Joaquim Grava. Também na equipe alvinegra, os alunos de diferentes cursos da Universidade Brasil realizaram pesquisas para entender melhor alguns interesses do torcedor corinthiano em torno da presença aos jogos.
 

Para este ano, os planos com os clubes já parceiros continuarão em crescimento, e Fernando Costa, reitor da Universidade Brasil, destaca que quer ir além: “Já temos conversas com outros clubes e queremos estar presentes em todas as regiões do país. Nossa meta é audaciosa e não moveremos esforços para promover cada vez mais benfeitorias e ações que ajudem o país como um todo”.

 

Fonte: exame.abril.com.br

Boletim Informativo Semanal – Universidade Brasil News (Edição 212)